ATENÇÃO!! O site CitroënClube mudou de endereço!

Atualizem seus favoritos para -> https://citroenclube.com.br

C3 - PROBLEMAS A VISTA?

Regras do fórum
Atenção: Não use CAIXA ALTA!
LEIA AQUI as regras antes de postar.
alexandre
Habilitado
Mensagens: 143
Registrado em: Qui Jun 21, 2007 5:40 pm
Nome: alexandre
Localização: São Bernardo do Campo - SP

#16

Mensagem por alexandre » Qua Ago 06, 2008 3:19 pm

Ora meu caro Hamilton,

Quer dizer que voce passeia pelos lados da Catarina!!!

Quem sabe não nos vimos pelo Compre Bem e nem sabiamos... hauhauhau :lol:


Um abraço B)


<!--coloro:#CC0000--><span style="color:#CC0000"><!--/coloro--><!--sizeo:3--><span style="font-size:12pt;line-height:100%"><!--/sizeo-->Alexandre<!--sizec--></span><!--/sizec--><!--colorc--></span><!--/colorc-->
Capitão da SS-Enterprise

Imagem
duda2001_2
Sem Habilitação
Mensagens: 1
Registrado em: Ter Ago 19, 2008 1:42 pm
Nome: Eduardo C3 Diadema

#17

Mensagem por duda2001_2 » Ter Ago 19, 2008 1:54 pm

Olá! Tenho um C3 GLX 2007 / 2008 com quase 18.000 km, e esta beirando a 2ª revisão. Aquele valor fixo das revisões da Citroen é muito bom, mas naõ comporta a troca das peças de desgaste natural. Minha dúvida é a respeito do valor que eu terei que pagar para trocar essas peças mais pra frente, tipo freios, amortecedores, molas, enbreagem, etc. Alguém sabe quanto eu terei que pagar por esses itens? Antes de ter esse C3, meus carros eram todos "populares", com o valor dessas manutenções relativamente baixos. Até que ponto eu vou tomar um susto na hora de encostar o carro?
leomaga
Sem Habilitação
Mensagens: 33
Registrado em: Sex Mai 09, 2008 11:36 am
Nome: LeoBH
Localização: Belo Horizonte / MG

#18

Mensagem por leomaga » Qui Ago 21, 2008 3:27 pm

Eduardo,

Aconselho fazer orçamento na concessionária e pesquisar no mercado paralelo os preços. Caso as encontre, se dirija até o mecânico de confiança. Caso contrário, se prepare... sabe como concessionária cobra caro, ne?!
Creio não ser dificil encontrar peças da Citro fora das concessionárias.
Dê uma pesquisada no forum pra ter já uma noção de preços e disponibilidade de peças.

Sds,
LeoBH ;)
Xsara Picasso Excl. Automatico 2005/2005 2.0 16V
Pillat
Sem Habilitação
Mensagens: 11
Registrado em: Ter Set 02, 2008 1:30 pm
Nome: Pillat

#19

Mensagem por Pillat » Qua Set 03, 2008 9:08 am

[quote name='Patricia' post='2089' date='Jul 29 2008, 01:54 PM']
Ola, obrigada pelas dicas. O carro já está em uma auto-elétrica, estou esperando o retorno deles pois como disse, o problema não aparece sempre.
Hamilton, eu moro em SP, bem perto do aeroporto de Congonhas. Se vc puder me indicar a tal oficina, seria uma opção a mais caso o eletricista não resolva o problema.

Obrigada mais uma vez pela ajuda.
:)
[/quote]


Tem também a Elias Car auto elétrico - Fale com o Bruno
Rua Freire Farto, 608 - Atrás do aeroporto de congonhas

tel. 5594-4735

Se falar que foi apresentação minha ele te dá desconto
Editado pela última vez por Pillat em Qua Set 03, 2008 9:08 am, em um total de 1 vez.
Kzat
Sem Habilitação
Mensagens: 25
Registrado em: Sex Abr 11, 2008 10:44 am
Nome: Kzat

#20

Mensagem por Kzat » Ter Out 28, 2008 1:52 pm

Caros,

Já que estamos discutindo sobre problemas com poucos KM rodados, gostaria de acrescentar um novo item na linha C3.

Estou interessado em adquirir um C3 Automático Lançado este ano.

Com relação ao cambio automático recém lançado, alguem já teve notícias sobre problemas ou até elogios?

Possuo um Xsara Break automatico e o cambio dele é uma beleza.

Aguardo notícias

Abraços
Xsara Break GLX N7 Preto 2001
tezinha
Sem Habilitação
Mensagens: 18
Registrado em: Seg Jun 02, 2008 12:29 am
Nome: tezinha
Localização: curitiba

#21

Mensagem por tezinha » Qua Dez 03, 2008 12:54 pm

poxa...pessoal tudo de SP...
alguém de Curitiba?? :D

quanto a relatos sobre o cambio automático não vi e nem ouvi nada a respeito...
hugomelo
Sem Habilitação
Mensagens: 7
Registrado em: Sex Ago 01, 2008 10:23 pm
Nome: hugomelo

#22

Mensagem por hugomelo » Ter Dez 09, 2008 12:54 pm

bom eu também recentemente comprei um c3 1,4 flex 07 pra minha esposa, sempre foi o carro que ela quiz, como já conhecia a familia PSA, não me preoucupei muito em comprar o c3, até o presente momento não tenho o que reclamar do carro, está com seus 32 mil km, e vem agradando em tudo, exceto por que acho que ele é um pouco gastão um tanque está rendendo no máximo 300 km. mas é alcool né nem ligo.
<div align="center">Imagem</div>
<!--coloro:#33FF33--><span style="color:#33FF33"><!--/coloro--><div align="center">conheça meu 206 em : <a href="http://www.flickr.com/photos/hugooliveiramelo" target="_blank">http://www.flickr.com/photos/hugoolivei ... -/colorc-->
ruthepires
Sem Habilitação
Mensagens: 3
Registrado em: Qui Dez 11, 2008 9:28 pm
Nome: Ruthe

#23

Mensagem por ruthepires » Sex Dez 12, 2008 9:14 am

:icon_smile_8ball:
Eu era feliz com meu C3. Está com com 11.000 km rodados e com 10.000 km foi para revisão. Na revisão foi alertado à concessionária em Belo Horizonte que a embreagem estava estranha e disseram que não era nada. Tudo normal.
Durante uma viagem a embreagem acabou e por pouco não sofri um acidente sério.
O pós-venda da concessionária é caro e não dá atenção necessária aos clientes :icon_smile_dead:
Como posso saber que isto está prestes a acontecer?
Estou insegura agora com o carro e já vi em sites de reclamações muitas queixas a respeito do pós-venda da Citroen.
Alugém pode me dar informações técnicas?
RAFAEL
Mestre Curioso
Mensagens: 796
Registrado em: Ter Ago 29, 2006 2:28 am
Nome: O Administrador

#24

Mensagem por RAFAEL » Sex Dez 12, 2008 6:50 pm

Boa tarde Ruthe,

Todo produto industrializado está sujeito a imperfeições no processo de manufatura, ou mesmo de erros no projeto que o originou.

Isso fica latente a cada chamada para recall, onde peças com defeito ou com projeto inadequado, têm que ser substituidas para evitar certos acidentes.

Alguns casos são lembrados constantemente, como o caso do apoio para rebatimento do banco traseiro do Fox, e os pneus utilizados dos Ford Explorer, ambos, comprovadamente, responsáveis por acidentes e danos físicos aos seus proprietários.

Tivemos alguns problemas no começa de produção do C3, depois quando ele foi equipado com motor flex, mas foi só isso.

Não há equipamento técnico mais eficiente que o próprio motorista. Ao dirigir seu veículo, todo e qualquer novo barulho passa a ser percebido, e a medida que os sons evoluem, há uma tendência natural de se preocupar com eles.

O primeiro passo para conviver com eles, uma vez que praticamente todos os carros tem um ou outro barulho na medida em que são usados, é procurar a origem, buscando com isso diferenciar o barulho de acabamento, do barulho mecânico.

Embreagem dura, direção pesada ou trepidando em certas velocidades, freio "borrachudo" ou duro, marchas difíceis de engatar, e dificuldade de se manter o carro em linnha reta, são os defeitos mecânicos mais fáceis de indentificar, porque interferem diretamente na condução do veículo. Suas origens podem ser as mais variadas e em qualquer caso, devem ser verificados o quanto antes.

O sonho seria poder entregar o carro na mão de uma concessionária, na certeza de que o defeito seria rapidamente identificado, e o conserto, certeiro, seria realizado de forma rápida e objetiva.

Infelizmente essa não é a realidade, não só da Citroën do Brasil, mas de outras marcas que mesmo instaladas no Brasil há muito mais tempo, vez ou outra acabam nas páginas das revistas especializadas, sob reclamações e mais reclamações.

Se não é possível confiar na sua concessionária, a sugestão é buscar esse conhecimento nas oficinas especializadas, e na fala delas, dos seguimentos especializados, lembrando que o seu carro é um dos mais vendidos da marca no brasil, logo, bastante conhecido de vários tipos de profissionais.

Assim, se o seu carro não se mantiver na reta com facilidade, busque uma empresa especializada em suspensão; se o freio mudou de comportamento e está gerando insegurança, procure uma oficina especializada em freios, e assim sucessivamente.

Nunca é demais destacar que o barato sai caro, e essa regra vale tanto para carros nacionais, como para carros importados. Se tiver que gastar R$ 50,00 a mais numa peço original, faça isso; se precisar trocar os componentes da embreagem, opte pela troca do conjunto, valendo o mesmo para amortecedores, molas, bieletas, etc...

Boa sorte!
O Administrador
<!--coloro:#FF0000--><span style="color:#FF0000"><!--/coloro-->ccdob<!--colorc--></span><!--/colorc-->
\[EMAIL=webmaster@ccdob.com.br\]webmaster@ccdob.com.br\[/EMAIL\]
ruthepires
Sem Habilitação
Mensagens: 3
Registrado em: Qui Dez 11, 2008 9:28 pm
Nome: Ruthe

#25

Mensagem por ruthepires » Sex Dez 12, 2008 7:09 pm

:) Obrigada pela resposta.
Abri uma ocorrência na Citroen Brasil a respeito da concessionário Chamonix.
Realmente não dá para confiar.
Senti realmente a embreagem dura e isto foi alertado a eles.
Foi um grande susto escapar de uma acidente em uma rodovia pela falta de embreagem.
No mais, estou gostando do Citroen Clube.
Obrigada
clarcksp
Sem Habilitação
Mensagens: 5
Registrado em: Dom Dez 21, 2008 2:34 pm
Nome: Ronaldo Costa

#26

Mensagem por clarcksp » Ter Dez 23, 2008 8:53 am

Olá
Comprei recentemente um C3 GLX 1.6 2004
Antes mesmo de comprar o carro eu já havia lido (e muito) sobre esses "problemas" que o carro apresenta.
Mas se eu for sempre me preocupar se o carro X ou Y alguem reclama de algum problema.. eu vou andar de bicicleta :D
Enfim, até o presente momento não tive nenhum problema "grave" com o carro.
Duas coisas que eu detectei.
1º um barulho nos amortecedores quando vou fazer uma curva
2º Uma luz no painel que se acende, mas já obtive auxilio.

Com relação aos destaques que li nas reclamações deste carro, nenhuma me fez dizer "nossa q bosta de carro".
O consumo dele não acho alto, o meu esta fazendo 8km/l rodando com um kit flex com 20% de gasolina. (acho q quem reclama devia andar de uno antes).
Com relação aos barulhos internos, são minimos, comparados a um Celta 2007 que eu tenho.
Com relação ao barulho da suspensão, realmente aki na minha cidade (guarulhos) só existem buracos, já ralei a parte debaixo dele varias vezes. mas comparado aos barulhos que meu celta 2007 faz realmente os do C3 são bem pequenos.
Tem muita gente que compra o carro pensando estar andando num c4 pallas por exemplo.
Acho que o C3 veio para brigar com os médios compactos que vão desde o Celta até um Golf.
RAFAEL
Mestre Curioso
Mensagens: 796
Registrado em: Ter Ago 29, 2006 2:28 am
Nome: O Administrador

#27

Mensagem por RAFAEL » Sáb Jan 10, 2009 11:29 am

Reportado: MARCILIO

Eu tenho um celta e estou seriamente pensando em comprar um C3, acho o carro lindo! Mas tenho muito receio do seguro ser muito caro e a manutenção.

Alguém pode me ajudar nessa?

Obrigado!
O Administrador
<!--coloro:#FF0000--><span style="color:#FF0000"><!--/coloro-->ccdob<!--colorc--></span><!--/colorc-->
\[EMAIL=webmaster@ccdob.com.br\]webmaster@ccdob.com.br\[/EMAIL\]
rafael_xm
Curioso
Mensagens: 181
Registrado em: Ter Ago 29, 2006 10:21 am
Nome: rafael_xm
Localização: São Paulo - Capital
Contato:

#28

Mensagem por rafael_xm » Sáb Jan 10, 2009 4:43 pm

Caro Kzat,

Já tenho Citroën há uns bons anos, portanto, me sinto a vontade para dizer que o atual câmbio automático é superior aos anteriormente utilizados pela marca, mais precisamente até versão anterior, fornecida com os primeiros Xsara e Picasso, além dos últimos Xantia.

Não se preocupe se ele é mais ou menos adequado, nenhum deles irá atender ao seu gosto, principalmente se você está absolutamente acostumado com câmbio mecânico.

O colega Marcilio está com receio de manutenção e preço de seguro. Amigo, tudo é relativo nesse setor. Na questão de manutenção, como temos dito em vários momentos aqui no Fórum, não há como comparar um carro como o C3, com celta, Gol, palio e afins. Basta perguintar para os colegas que fizeram teste drive com o C3, e que possuem qualquer desses outros carros que mencionei.

O seguro também é relativo porque muda de ano para ano. Hoje está bom, amanhã está uma bomba. Isso acontece com todas as linhas, e o exemplo mais recente é o "novo Gol" :icon_smile_clown:

A VW utiliza central eletrônica da Lamborguini nas versões 1.6 do carro, fazendo muita propaganda sobre a segurança desse dispositivo contra furtos. Pergunte ao seu corretor o preço do seguro.

Minha opnião pessoal: Gostou do carro? Lhe agradou a alma? Dá para comprar? Compra!

Abraço!
Ainda por aqui!
hugomelo
Sem Habilitação
Mensagens: 7
Registrado em: Sex Ago 01, 2008 10:23 pm
Nome: hugomelo

#29

Mensagem por hugomelo » Sáb Jan 10, 2009 10:50 pm

[quote name='O Administrador' post='4188' date='Jan 10 2009, 09:29 AM']
Reportado: MARCILIO

Eu tenho um celta e estou seriamente pensando em comprar um C3, acho o carro lindo! Mas tenho muito receio do seguro ser muito caro e a manutenção.

Alguém pode me ajudar nessa?

Obrigado!
[/quote]

Prezado Marcilo,

Eu sempre tive carros da linha Fiat, uno, palio, siena, marea etc..., assim como voce sempre tive receio em comprar carros franceses, até mesmo pela propaganda negativa que muitas pessoas faziam, independente de ser peugeot, citroen ou renault, pois bem, meu pai comprou uma scenic rxe 0km em 2001, ficamos 2 anos com o carro sem termos qualquer tipo de problema, simplesmente manutenção preventiva (oleos, filtros, velas, freios etc...), e impressão negativa que tinhamos se tornou 100% positiva.

A + ou - 2 anos atrás por uma oportunidade apareceu-me um peugeot 206 rallye 1.6 16v 2003 com 20.000 km rodados em um negocio, até por simpatizar com o carro acabei comprando ele, estou a + ou - 2 anos e 100% satisfeito, o unico problema que tive foi com a BSI do carro que deu problema, mas coisa que acontece, faço as revisões basicas constantemente em uma oficina especializada em franceses chamada MOTORFAST, e como disse o carro esta sempre em ordem.

Em agosto do ano passado comprei pra minha esposa um Citroen C3 1.4 flex glx 2007 com 26.000 km rodados, assim como o peugeot também faço as manutenções preventivas (oleos, filtros, velas etc,,,) estou muito satisfeito com o carro e minha esposa então nem se fala, andava em um palio fire sem nada, agora com o C3 completo não tem o que reclamar do carro, viajamos com ele constantemente, responde bem na estrada e na cidade, nao é um motor que possui uma potencia absurda mais como disse atende bem as exigencias ...

resumindo, imprevistos acontecem, o fato do c3 do amigo ter tido o problema que teve, trata-se de um fato isolado o qual nao ouvi falar sobre outro caso fora o dele.

quanto a valores de seguro como disse o amigo é variavel de acordo com perfil, seguradora etc.....

espero ter ajudado,

abraços,
<div align="center">Imagem</div>
<!--coloro:#33FF33--><span style="color:#33FF33"><!--/coloro--><div align="center">conheça meu 206 em : <a href="http://www.flickr.com/photos/hugooliveiramelo" target="_blank">http://www.flickr.com/photos/hugoolivei ... -/colorc-->
paschoal
Sem Habilitação
Mensagens: 7
Registrado em: Qua Jan 14, 2009 8:21 pm
Nome: Sérgio Paschoal

#30

Mensagem por paschoal » Sex Jan 16, 2009 9:48 pm

<!--sizeo:5--><span style="font-size:18pt;line-height:100%"><!--/sizeo-->Pra aqueles que acham que esse problema é exclusivo do C3:<!--sizec--></span><!--/sizec-->

Imagem

Este problema é muito sério, e a Fiat o deve resolver o quanto antes, para não prejudicar a sua imagem. Imagine um carro novo que a roda simplesmente sai, causando um acidente. É isso que está acontecendo com o Fiat Stilo. Relatos de proprietários do modelo, que sofreram acidente, em que houve soltura da roda, sugerem defeito no automóvel. Já existem vários casos semelhantes.
Ao todo são cinco relatos de donos de Fiat Stilo, que sofreram um acidente por causa da quebra da roda traseira. As rodas chegam a se soltar do eixo, com cubo e tudo!! A Fiat, claro, pra se proteger diz que a roda se soltou por causa do acidente. Mas será que não é muita coincidência que as rodas se soltaram em cinco casos separados??

Imagem

O acidente mais sério foi em setembro do ano passado, na BR-040, próximo a Sete Lagoas (MG), com o técnico em informática Márcio Gomes de Menezes. Ele dirigia um Fiat Stilo 2006, com 21 mil quilômetros rodados. Junto com Márcio, havia duas pessoas no carro e uma delas morreu no local. Márcio diz que sentiu o carro perder o controle e depois viu a roda traseira direita passando pela sua frente. A roda nem mesmo foi encontrada!!

Imagem

Agora, imagine você, leitor do NA. Se o problema do Fox, que “apenas” cortou o dedo de algumas pessoas, deu um problema tão grande e tão sério, qual será o tamanho do problema que a Fiat vai ter?? O problema na roda simplesmente matou uma pessoa!!!

Imagem

Vamos a um outro caso: Carla Barbosa, moradora de Sobradinho, DF. Ela voltava de viagem a Fortaleza, em fevereiro, quando perdeu o controle do carro, na BR-242, na Bahia. Carla estava com o marido e as três filhas. Uma delas teve traumatismo craniano, mas se recuperou sem seqüelas. Carla conta que sentiu o carro, sem controle, primeiro girar para a direita e depois para a esquerda. Em seguida, bateu em um barranco e saiu arrastando. “Saímos do carro sem saber o que tinha acontecido. Foi quando um rapaz veio gritando, dizendo que havia visto a roda sair. Ele veio trazendo a roda, numa distância de 100 m”, diz. A roda quebrada foi a traseira esquerda, e o carro, um Stilo Sporting 07/07, adquirido em outubro do ano passado.

Imagem

Um carro com menos de um ano de uso ocasionou traumatismo craniano na filha dela!! Se as pessoas estão vendo as rodas desses Stilo saírem ANTES de o carro bater, a Fiat só pode estar mentindo quanto a roda ter saído na batida.

Imagem

Mais um caso: em outubro de 2005, o dono de um Stilo 2005/2006, que quer se manter no anonimato, sofreu acidente parecido, na BR-381, próximo à cidade de Oliveira, sentido Belo Horizonte/São Paulo. O carro tinha apenas 2 mil quilômetros rodados e o acidente foi de menor gravidade. A roda perdida foi a traseira esquerda. “No meu caso, fica ainda mais nítido que a roda soltou antes, pois não bati em nada, fui direto no canto da rodovia, entrando no mato. O carro não sofreu nenhum dano na estrutura”, afirma. Depois de deixar o automóvel para ser reparado em concessionária autorizada, ele questionou o fato, mas a resposta foi a mesma dada aos demais proprietários: a roda teria soltado em função do acidente. Ele vendeu o carro logo depois.

Imagem

A Carla Barbosa foi esperta logo depois de ter sofrido o acidente. Deixou o carro na concessionária OK Automóveis, de Brasília, mas antes de a montadora analisar o carro, ela contratou um profissional para realizar uma perícia, que constatou, depois de examinar o carro e o local do acidente, que o eixo da roda traseira esquerda quebrou-se, ocasionando a perda de rumo do veículo e fazendo-o colidir com o barranco. O laudo técnico relata, ainda, depoimento de um motorista que trafegava logo atrás e diz ter visto “um pneu” sair do veículo antes da colisão. Quem dera todos os consumidores brasileiros fossem espertos assim. As montadoras estariam perdidas.

Imagem

Depois, Carla procurou vários órgãos de defesa do consumidor e entrou com um processo no Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), órgão do Ministério da Justiça, pedindo a análise do caso e a possível exigência de convocação de recall pela Fiat.

Imagem

Já a Fiat, mais uma vez para se proteger e se isentar, disse que a perícia contratada por Carla Barbosa não é válida, por ter sido apenas visual. A Fiat pode estar parcialmente correta nisso, mas ela diz que todas as peças foram analisadas e não foi constatada nenhuma irregularidade, como nos casos anteriores. Sei.

A Fiat diz que o processo foi arquivado no Procon de Brasília. Bom, de qualquer maneira, mesmo que a Fiat seja culpada por isso, aquela vida perdida por causa dessa roda não vai ser recuperada. Nem o trauma da filha da Carla.

Imagem

Não sabemos se as pessoas acidentadas estavam em alta velocidade com seus Stilos, mas se você tem um, não arrisque muito!! Quanto mais devagar você estiver se a roda se soltar, menor a chance de algo grave acontecer!!


Fonte:
<a href="http://www.noticiasautomotivas.com.b...tes/#more-6787" target="_blank">http://www.noticiasautomotivas.com.b...tes/#more-6787</a>
Responder